fbpx

OBSERVAÇÃO DE AVES

Os nossos passeios para observação de aves abrangem sobretudo o interior menos conhecido de Portugal, ao longo da fronteira. Os vales profundos dos rios Côa, Águeda, Douro e Tejo, representam uma importante zona de nidificação para algumas aves mediterrânicas. As mais emblemáticas são as aves de rapina, destacando-se a Águia de Bonelli, a Águia-real, a Águia-Imperial-Ibérica, a Águia-cobreira, a Águia-calçada, o Peneireiro-cinzento. Este é também o reino dos abutres. E três espécies podem aqui ser observadas, o Abutre do Egipto, o Grifo, e o Abutre-negro. Também representativos, podemos encontrar neste território a ameaçada Cegonha-preta, a Pega-azul, o Picanço-barreteiro, o Abelharuco, o Chasco-preto, o Melro-azul, o Melro-das-rochas, o Papa-figos, a Toutinegra-real, entre muitas outras.